[FP] Scott Edmund Frietzen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Scott Edmund Frietzen em Seg Jan 07, 2013 8:42 pm

---Scott---Edmund----Frietzen


{Por trás do Personagem... }
    O seu criador!

Nome do Jogador: Alex.
Idade: 16 anos.
Há quanto tempo joga em RPGs? Em quais joga/jogou? Por volta de uns dois anos. Muitos.
Como ficou sabendo do Age Of War: Indicação de amigos.
Frequência na qual entra: Geralmente todos os dias.
Outros personagens: Zöe (Garota Problema -q) Gardnéer Pevensie.
Forma de contato: Sinal de fumaça Cherokee, linha dois -q.
---------------------------------------

{O Personagem}
    A estrela principal

Nome Completo: Scott Edmund Frietzen.
Apelido: Cott; Cottinho; Edmund; Avulso; Palhaço; Artista; Leonardo Da Vinci; etc.
Grupo: Nobres de Kallin; Magos.
Família: Frietzen.
Reino: Kallin.
Arma: Arco-e-flecha, adagas, sai, e os livros de magia. Possui um bracelete dado pela sua mãe, o qual lhe confere atributos únicos. Suas adagas de prata e com design único, foram presentes de seu irmão mais velho, Jon, quando viu que Scott estava entretido brincando com algumas facas na cozinha. O arco-e-flecha de melhor qualidade, com o máximo de precisão, mantendo detalhes de ouro e prata, fora dado por alguém que, futuramente, Scott descobrira ser um elfo, mas que, na época em que o recebeu, era um amigo da família. Os sai ele havia visto um colega usando, e achou interessante, comprando-o. Os livros de magia foram dados por sua mãe. Além disso, as suas "armas" prediletas, não são aquelas que ferem, mas sim aqueles que tocam nos sentimentos mais íntimos das pessoas: as artes; fosse um violão, um pincel, ou num papel, esses são alguns dos instrumentos preferidos de Scott, que ama as artes de um modo geral.

---------------------------------------

{Família}
    Sem ela não existimos.

Nome de Familiares: Eike Sullivan Frietzen (Pai);
Helen Katherine Frietzen (Mãe);
Jonnathan Lockwood Frietzen (Irmão mais velho, gêmeo de Illyria);
Illyria Demetria Frietzen (Irmã mais velha, gêmea de Jonnathan);
Dustin Schmidt Frietzen (Irmão mais novo, gêmeo de Aira);
Aira Doreah Frietzen (Irmã mais nova, gêmea de Dustin);


Status Social: Classe alta; filhos do Mestre da Moeda de Kallin.

---------------------------------------

{Personalidade}
    Bom, ruim?

Personalidade: Scott é um garoto ligado às artes, expansivo e gosta de ser reconhecido. Não é um menino materialista e não dá tanta importância para a mesada. Quando está doente, nem percebe-se direito, já que ele não se entrega e dificilmente vai ficar arriado por uma simples gripe. Ele se sente bem em ambientes tranquilos e bonitos. Melhor ainda se tiver a companhia de parentes, e de amigos. Scott é romântico, extrovertido e simpático. Comumente ele deixa as pessoas encantadas, com o seu jeito de bom garoto. Ele é aquele ombro amigo, que todos os colegas podem procurar para dividir problemas, contar segredos, e que realmente podem confiar. Principalmente quando alguém precisa de carinho, ele está sempre pronto a dar. Ele é apreensivo e bem atencioso. É também um pouco safado, e sabe ser trágico, dramático, e sempre se esforça para que tudo dê certo. É confiável, porém teimoso, e não gosta de dizer quando está doente, ou errado. Ele também é um garoto inteligente, calmo, leal, e fiel aos amigos. Gosta de rir, conversar, brincar, passar o tempo com os amigos, e de se divertir. Isso sem contar o fato de gostar muito de doces, e de todo o tipo de comida que lhe apraz o paladar. Podemos dizer que é o artista, e bobo da família, é feliz, e gosta de ver as pessoas ao seu redor bem também. Sem contar que ele também é aventureiro, e gosta de explorar novas possibilidades e ideias.

Qualidades: Scott é romântico, extrovertido, simpático, e muito safado. Ele sabe ser trágico, dramático, e sempre se esforça para que tudo dê certo. Ele também é um garoto inteligente, confiável, calmo, leal, e fiel aos amigos. Gosta de rir, conversar, brincar, passar o tempo com os amigos, e de se divertir. Isso sem contar o fato de gostar muito de doces, e todo o tipo de comida.

Defeitos: Teimoso, e não gosta de dizer quando está errado, ou doente. Também é um pouco atrapalhado, e meio desorganizado, dependendo também.

Desejos: Muita comida, poder ter seu caso com Aira em paz, sem a repressão da sociedade, dentre outros desejos - secretos, ou não -q.

Medos: Palhaços, e órgãos expostos. São, dentre seus medos, as coisas que mais o assustam.
---------------------------------------

{Localização}
    Onde você está?

Onde nasceu: Cidade de Golbaith.
Onde mora atualmente: Cidade de Golbaith.
Idade: 18 anos.
Data de nascimento: 01/04/1340.
---------------------------------------

{Seu corpo}
    Tente ser sincero...

Cabelos: Castanho claro, liso; mutável.
Olhos: Azuis; dizem que quem os observa, entra em um estado diferente, como se se perdesse em devaneios.
Porte físico/ peso/ altura: Porte atlético, 1.79m de altura, sensual.
Marcas de nascença e/ou outros: Cinco pequenas manchas, pontinhos, de nascença em forma de sol, numa região próxima ao pescoço, formando uma espécie de "constelação".
Photoplayer: Zac Efron.
---------------------------------------

{História}
    Seu passado nos pertence...

Em um certo dia de verão cujas nuvens cobriam quase todo o céu, se não fosse pelo sol resplandecendo fortemente, era possível sentir uma brisa suave e fresca percorrendo toda Kallin naquele dia. Helen, uma mulher de aspectos muito bonitos, de corpo bem proporcional, e de um carisma muito grande, não era uma mulher comum. Já havia algum tempo que ela havia se casado com um homem rico, com quem daria prosseguimento na linhagem da família. Frietzen; uma das famílias mais renomadas do mundo, muito conhecida em Kallin, fato que se deve muito também aos filhos, que sempre são alvos do público da região. Cinco filhos, e uma história incrível. Helen e Eike tiveram Jon e Illyra, simultaneamente, os gêmeos mais velhos, Scott, o do meio, e Dustin e Aira, os gêmeos mais novos. Naquela tarde fresca, com a brisa suave percorrendo a região, Helen havia dado a luz a um garotinho de semblante sorridente, com os olhos azuis profundos, e os cabelos lisos e soltos. Lembrava a um povo de outra região do globo (atual Escócia), por isso, deu-lhe o nome de Scott, que significa "O Escocês"; mas, na verdade, não tinha tanto a ver com isso, mas, principalmente, pelo fato de que gostava daquele nome também.

Diferente do irmão mais velho, que fora criado para assumir os negócios da família, o primeiro herdeiro, o chefe, Scott meio que teve uma liberdade para seguir o que quisesse. Como os irmãos nasceram meio que em seguida, talvez pela falta de TV na época, ou de computadores, havia certa rivalidade entre alguns. Scott não se sentia mal com nenhum deles, embora tivesse mais afinidade a uns, do que a outros. Diferente de seus irmãos, ele se sentia bem seguindo o lado artístico, dedicando-se desde pequeno às artes. Gostava de pintar as pessoas, as suas irmãs, fazer desenhos do castelo, das paisagens ao seu redor; era um artista. Não gostava tanto daquela ideia boba de seguir a guerra, de se tornar um cavaleiro e aquele blá blá blá todo; queria ser feliz. Admirava aqueles espetáculos que faziam na cidade, e que desde pequeno via. Dentre eles, os realizados pelos Dragões do Oriente, e dizia a si mesmo que um dia, iria fazer como eles.

Mais tarde, por volta de seus seis, sete anos, descobriu, mais ávidamente, que sua mãe era, na verdade, uma maga, e que lhes ensinava, desde pequenos, a realizar as artes da magia. Foi mais um passo na vida de Scott, que descobrira ser diferente. Sua família, em si, era diferente. Pelos vários livros que preenchiam a residência dos Frietzen, o garoto descobriu muitas coisas interessantes, como o fato de ter tido um lobisomem na família há muito tempo atrás, o fato de ter vindo de uma longa linhagem de magos, de, entre alguns de seus antepassados, terem descendentes filhos de humanos com ninfas e elfos, dando origem a um lado meio-termo da família. Era uma família distinta em vários âmbitos e, com certeza, uma das mais misteriosas.

Por volta dos seus oito, nove anos, Scott começou a seguir um de seus sonhos, e conseguiu se unir aos Dragões do Oriente, arrumando um tutor, o qual lhe ensinou por longos anos as artes da manipulação de fogo. À princípio, fora muito difícil, e lhe rendera uma queimadura que ainda perdura a marca até o dia de hoje, próxima a constelação de pontinhos que tem próximo ao pescoço, ao centro, uma marca em formato de chama. Porém, depois de um tempo, teve de deixar o grupo.

Os estudos com a sua mãe perduraram por muito tempo, conseguindo grandes avanços na arte da magia. Simultaneamente, seu pai, Eike, tenta lhe ensinar os sistemas monetários, tentando que o filho siga seus passos, mas ele é relutante, e não dá tanta atenção, preferindo passar o tempo com os amigos, se divertir, ir em bailes e festas, desenhar, escrever, conversar, comer, e fazer coisas que goste.

Desde seus doze anos, costumava passear pelos bosques, e arredores; com o seu comportamento explorador, passou a procurar desvendar mistérios e lugares; até encontrar seres na Floresta Negra; nunca chegou a ter contato com os mesmos, porém, ele é crente de que há seres que habitam o lugar, já que diz a si mesmo que viu, e tenta se convencer disso, e que não estava ficando louco.

Mesmo não buscando a guerra, como todo filho daquela época, ou a maioria, precisava aprender a manusear algum armamento, além da magia passada por sua mãe. Portanto, Scott decidira seguir os caminhos de seus armamentos preferidos, o arco-e-flecha, as adagas e os sai, se aperfeiçoando a cada dia, procurando ser excelente no que faz. Entretanto, o seu forte mesmo se encontra nas artes, onde ele passa altas horas do dia escrevendo, pintando, desenhando, e aproveitando a vida ao seu redor, tendo um talento nato também para a música, tocando instrumentos diversos para descontrair a si, e também aos membros de sua família.

---------------------------------------

{Teste de ação}
    Testando suas habilidades...

"Nháaawn, acho que logo mais eu termino isso; hmm... Se eu mudar as cores da direita para esquerda, e... Hmm..." - Dizia, em pensamento, a mim mesmo, enquanto pintava um quadro dentro do meu quarto, o qual continha uma grande coleção das minhas pinturas, desenhos, e coisas que envolviam as artes. De fato eu amava tudo o que era relacionado com as artes, pinturas, música, e também aquilo que podíamos fazer para nos descontrairmos, nos divertirmos, como caminhar, andar à cavalo, nadar, e atividades desse tipo, e de outros também. Entretanto, naquele dia, algo iria pausar as minhas atividades de diversão; era a noite da primeira lua minguante do mês, e isso significava que seria o dia de um ritual; mais um daqueles que havia sangue... Sangue. Eu não apreciava ver aquelas demonstrações de sacrifícios, mas era necessário; infelizmente.

Enquanto ainda terminava de pintar alguns detalhes do quadro em meio ao início da noite, a lua assumia seu lugar no topo do céu. Não poderia me atrasar, já que eu costumava me atrasar a muitas coisas, e deveria passar a me corrigir quanto a esses assuntos. Logo, deixei os pincéis e os demais utensílios que estava usando em um canto, guardando e deixando tudo, de certa forma, pronto para quando eu voltasse para dar continuidade a ele. Peguei uma maçã que havia em um cesto ali próximo, dentro do meu quarto, e saí dele, caminhando pelos corredores do castelo, comendo a minha maçã, seguindo rumo ao calabouço.

- Eita; quase todo mundo aqui... E eu achei que estava atrasado ainda. Tinha que ser aquele Jon Bon Jovi -q. - Disse, fazendo uma brincadeira em relação a um amigo meu que era músico -q, aos meus irmãos presentes. Lá estavam os mais novos, Dustin e Aira, e a mais velha, Illyra, embora eu não tivesse visto o gêmeo dela, Jon, que era o herdeiro da família, e aquelas coisas todas. Ou seja, depois que ele morresse, eu assumiria, rs -q. - Cara, será que ele vai demorar mais ainda? Vou chamar a minha amiga Madonna aqui -q. Só nos altos badalos, por favor. - Disse, rindo, fazendo menção a uma outra amiga minha -q.

- Rapaz, tu precisava de ver como era bonito um quadro que vi outro dia pelas ruas de Kallin; quem pintou devia ser um gênio! - Exclamei, enquanto conversava com o meu irmão mais novo, Dustin, sobre um quadro que havia visto outro dia, dialogando por um bom tempo com o mesmo sobre o assunto. Entretanto, o diálogo foi interrompido quando Jon chegou ao recinto com poucas roupas e com arranhões pelo corpo. Cara, haviam várias opções, ou ele era masoquista, ou ele dormia com gatos, leões, e ursos, ou ele tinha sérios problemas. Talvez fosse falta de afeto -q. #Sdds mãe.

- Até que enfim tu chegou, hein, fi? Achei que a noite com os tigres não ia terminar nunca. E aí, o tigre te pegou de jeito, foi? -q - Disse ao Jon, logo após a sua exclamação, quando ele disse que havia chegado, e que deveríamos começar logo, rindo depois. - Okaay; bora começar, só que... Rapaz, se precisar de armadura da próxima vez, pode pedir pra mim, oow, não se acanhe. -q - Disse ao Jon, rindo depois, e abaixando a cabeça, abafando um riso, porque sabia que, se eu não parasse, talvez ele resolvesse partir pra violença, daí complica, né -q. De qualquer forma, eu estava tentando descontrair o povo, porque sabia que o clima estava tenso, e aquele lugar todo esquisito também não colaborava nada. A nossa mãe era uma maga incrível, de longe, acreditava eu, a melhor. Sem contar que foi uma ótima tutora, nos ensinando tudo, sendo alguém incrível.

Eu nunca entendi ao certo o porquê do meu irmão mais novo às vezes ser meio revoltado, ele era o mais novo junto de Aira, e tinham praticamente grande parte da atenção de um monte de gente, não tanto da família, porque, digamos assim, que esta era um pouco "ocupada demais" para os filhos, como no caso do nosso pai, Eike. Jon, por ser o mais velho, com toda aquela pressão, não sabia como ele aguentava não. Illyra e Aira não eram diferentes, por serem mulheres, com toda aquela cobrança da sociedade, era algo realmente tenso, e não sabia como elas suportavam. Mas, isso são parte dos meus vários devaneios. Num menear de cabeça, tornando a mim mesmo, estive novamente à par da situação em que estávamos, me assuntando em seguida com o grito de Aira sobre o sacrifício. Pow; além de se atrasar, enquanto dormia rs com os tigres, ele ainda não trouxe o sacrifício? Eu que não ia buscar cabrito nenhum no meio da noite, por favor, né.

Engraçada foi a cena que, no instante seguinte, uma mulher adentrou ao estabelecimento, com poucas roupas no corpo, e chamando por Jon. Irrá! O bicho vai pegar -q. Foi algo tão inesperado, e ela também era tão sexy, que, eu e Dustin assoviamos em coro, e foi algo tão espontâneo, que era quase impossível eu não rir depois. - Cof cof, hoje o bicho pega, cof cof; acho que achamos o tigre, cof cof. -q - Disse, brincando, e abafando um riso perante a situação que estávamos presenciando. E lá foi a doida pra cima do nosso irmão, envolvendo-o em seus braços, uma situação até cômica. Porém, parecia que nosso irmão não havia se divertido com a noite no coliseu -q. Aquele insaciável -q. Ele pediu a faca pra nossa irmã, e eu fiquei até boquiaberto, porque, embora eu tivesse em mente o que ele pretendia com aquilo, eu havia ficado abismado só de pensar no que ele queria, e se fosse realmente verdade. Todavia, o pior aconteceu. Enquanto os meus irmãos falavam os cânticos lá do ritual, o fidamãe do meu irmão cortou o pescoço da mulher, que fora, realmente, uma cena horrível. A pele macia e delicada, quando entrou em contato com a lâmina, gerou em mim um arrepio, que me fizera virar o rosto para não ver o restante da chacina, repetindo o mesmo que os meus irmãos com os olhos fechados, na tentativa de não lembrar.

O ritual havia sido concluído com sucesso, porém, a cena que eu estava vislumbrando era algo não tão agradável, ao menos a mim. Parecia que Jon não havia sentido nada, e que aquilo havia sido só mais um sacrifício, como se fosse a morte de um pedaço de grama. Porém, se as minhas dúvidas estivessem certas, aquele lá não era sangue de pura não, e, pensou acontecer a mesma coisa que aconteceu com aquela personagem daquele filme da linda da Megan Fox? Fode tudo -q. #Parei -q. - Por hoje é só, galere; bora aos nossos quartos, que todos tenham uma ótima noite, e sonhem com os unicórnios -q. - Disse, tentando descontrair o povo, aliviar aquela nuvem de tensão que pairava sobre o recinto. Me distraí em meio ao caminho, e tornei ao meu quarto, pensei em continuar a pintar, mas era tarde demais, e a única coisa que desejei naquele instante foi dormir; então, deitei sobre a minha cama, até, por fim, repousar daquela noite completamente estranha a uns, e não a outros.
---------------------------------------
thanks, @


Última edição por Scott Edmund Frietzen em Ter Jan 08, 2013 10:33 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Informacion
Mensagens : 3
Data de inscrição : 02/01/2013
Idade : 23
Localização : Seek, and you may find. ;]

Ficha do personagem
Raça:
Classe::
Ofício:
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Carolinne Harvelle em Ter Jan 08, 2013 11:23 am
Ficha Reprovada

A Aira a quem se refere nos seus desejos é sua irmã?
Bem,Scott a ficha está ok,contudo não é permitido a inclusão a três classes,pois isto fica meio injusto uma vez que você é mago,possui os privilégios dos nobres e ainda é dragão do oriente.
Peço que reconsidere as classes e me informe.Gostaria de ressaltar também que a linguagem utilizada antigamente era muito mais formal.
Aguardo edição!Qualquer dúvida mp-me!
Att.:Carolinne


"Today was a fairytale.Can you feel this magic in the air?"
Carolinne Harvelle
avatar
Informacion
Mensagens : 367
Data de inscrição : 20/07/2011

Ficha do personagem
Raça:
Classe::
Ofício:
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Jon L. Frietzen em Ter Jan 08, 2013 11:49 am
pow irmão... seja um pouco mais nobre nessa história... e sim... Essa Aira é nossa querida irmã.


Jonnathan Lockwood Frietzen
Magia e Mulheres, ambas minhas paixões
19 anos ♦ Mago ♦ Kallin
avatar
Informacion
Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/01/2013
Localização : Kallin

Ficha do personagem
Raça:
Classe:: Magos
Ofício:
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Scott Edmund Frietzen em Ter Jan 08, 2013 10:28 pm
Aira é a nossa irmã -q. Sim; incesto. Apaguei os dragões do oriente. Sobre as falas, procurei não seguir à risca as formalidades do diálogo, porque, até que se fosse seguir muito nesse sentido, iria encher de palavras rebuscadas demais que até complicariam a compreensão, por isso optei por seguir uma linhagem mais cômica, não tão próxima do formal, pra descontrair, tanto que mencionei Madonna, Bon Jovi, Megan Fox, adaptando ao contexto, etc. Mesmo sabendo que há várias fases da literatura - na portuguesa, por exemplo -, como o Arcadismo, Classicismo, Parnasianismo, e tudo o mais, onde se prezava a linguagem mais formal - e muito rebuscada. Entretanto, quis buscar um vocábulo mais solto, sem me prender a palavras formais de mais, e, nháawn ç.ç' -q. Todavia, posso colocar algo mais formal em certas falas, ser mais nobre - tá, manin? -q -, não encher de tanta palavra rebuscada como em textos arcadistas, e nem deixar tudo não tão formal aqui, e tudo o mais. sz' Peace and Love? Always sz' ~like Snape -q. Aah, obrigado pelas dicas, Carolinne! ^^'
avatar
Informacion
Mensagens : 3
Data de inscrição : 02/01/2013
Idade : 23
Localização : Seek, and you may find. ;]

Ficha do personagem
Raça:
Classe::
Ofício:
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Lucien Ford em Ter Jan 08, 2013 10:54 pm
Boa manin... vai com tudo xD


Lucien Ford
A ilusão está nos olhos de quem vê
18 anos ♦ Ilusionista ♦ Harsnok
avatar
Informacion
Mensagens : 34
Data de inscrição : 25/11/2012
Localização : Cidade de Kraft

Ficha do personagem
Raça: Humano
Classe:: Ilusionista
Ofício:
Ver perfil do usuário
Ilusionistas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Carolinne Harvelle em Qua Jan 09, 2013 11:44 am
Ficha Aprovada

Bem,Scott agora está ok!Não precisa ser uma linguagem muito forma ou arcadista,apenas não utiliza uma linguagem tão coloquial.
Espero que se divirta por aqui!Precisando de algo basta entrar em contato com a administração ou moderação do fórum.
Att.:Carolinne



"Today was a fairytale.Can you feel this magic in the air?"
Carolinne Harvelle
avatar
Informacion
Mensagens : 367
Data de inscrição : 20/07/2011

Ficha do personagem
Raça:
Classe::
Ofício:
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado
Informacion
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Informacion