Ficha Louise Irvine

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Louise Irvine em Qua Jan 02, 2013 7:41 pm

---Louise-------Irvine


{Por trás do Personagem... }
    O seu criador!

Nome do Jogador: Karen
Idade: 16 anos
Há quanto tempo joga em RPGs? Em quais joga/jogou? Comecei a jogar com 11 anos de idade, por tanto já tenho bastante experiencia com forum, joguei em muitos foruns comos temas de : Crepúsculo, Harry Potter, Percy Jackson, Pokemon (e.e') e alguns com temas parecidos com os daqui.
Como ficou sabendo do Age Of War: Fui convidada.
Frequência na qual entra: Eu entro de segunda á sexta das 13:00 ás 16:00, sábado e domingo posso entrar a qualquer hora.
Outros personagens: Não possuo.
Forma de contato: sammer.sloan@hotmail.com
---------------------------------------

{O Personagem}
    A estrela principal

Nome Completo: Louise Irvine
Apelido: Lou, Ise.
Grupo: Curandeira.
Família: Sem família. .
Reino: Neutra.
Arma: Apenas minhas ervas.

---------------------------------------

{Família}
    Sem ela não existimos.

Nome de Familiares: Mãe se chamava Irina e pai desconhecido. Mãe já morta.
Status Social: Classe Média.

---------------------------------------

{Personalidade}
    Bom, ruim?

Personalidade: Geralmente sou calma e observadora, emotiva e calada. Gosto da calmaria e de trabalhar em silêncio e odeio ser julgada. Provavelmente, a primeira vista as pessoas não confiam em mim e me acham uma simples camponesa, mais quando precisam correm até mim. Odeio ser excluída e principalmente ser julgada como inferior a algo, sei meu potencial ninguém precisa julga-lo. Não gosto de ser ligada aos feitos de minha mãe, já que a mesma não foi um bom exemplo. Quando irritada, dificilmente sou controlada e não sou possuidora de muitos amigos, assim como não confio em qualquer um. E embora não pareça, sou vingativa e como sei mexer com ervas e plantas, as uso contra algumas pessoas.
Qualidades: Corajosa, alegre, simpática e inteligente.
Defeitos: Vingativa, indecisa, facilmente abalada e irritante.
Desejos: Ser a melhor curandeira e ter uma família.
Medos: Escuro, altura, vampiros, répteis e perder alguém que é importante.
---------------------------------------

{Localização}
    Onde você está?

Onde nasceu: Reino de Bellário.
Onde mora atualmente: Não possuo lugar fixo, mais atualmente estou em Kallin.
Idade: 18
Data de nascimento:8 de Junho de 1340
---------------------------------------

{Seu corpo}
    Tente ser sincero...

Cabelos: Cabelos loiros e lisos até o meio das costas.
Olhos: Azuis.
Porte físico/ peso/ altura: Magra e baixa, 1,60 de altura.
Marcas de nascença e/ou outros:Cicatriz no pescoço e uma marca de nascença no ombro esquerdo.
Photoplayer: Julianne Hough
---------------------------------------

{História}
    Seu passado nos pertence...

Eu nasci no dia 8 de Junho de 1340, no reino de Bellário, porém não vou contar a partir deste dia, contarei anos antes. No dia 17 de Março de 1336, muitas pessoas foram mortas por uma doença que ninguém sabia como curar, no começo disseram que apenas homens pegavam a doença, mais logo após várias mulheres morrerem falaram que a doença só caia sobre camponeses. Até o rei ser morto pela mesma. Logo depois uma contagem deu como explicação de morte, o fato de nenhuma mulher grávida morrer, e nem bebês. As mulheres grávidas logo foram idolatradas e suas famílias as 'guardavam' até que o bebê nascer, e quando os bebês nasciam ele eram tratados como amuletos. Bem, agora eu tenho que contar sobre minha mãe, ela não era a mulher mais tradicional do reino, era amante de vários nobres e chegou a ficar grávida do rei e depois perdeu o bebê, e eles tinham um caso muito público, já que ela era a curandeira do reino e seu quarto era no mesmo andar do que o rei e a mesma era uma das damas de companhia da rainha. Ela era amante dele e disso todos sabiam. Assim que a doença começou a dissipar quase todo o reino ela logo foi posta para fazer seu trabalho, curar as pessoas e mante-las longe dos infectados, seu trabalho foi árduo por algum tempo mais logo o reino estava com sua população saudável e estava voltando a ter sua rotina de volta. Talvez, a coisa mais estranha que tenha acontecido foi que a mesma não foi infectada com a doença, ela não aparentava estar grávida ou tinha os típicos enjoos e tonturas que a gravidez dá como sinal, então logo começaram a correr boatos de que a mesma era bruxa e que tinha jogado este feitiço para ser amada pela rainha e pelo rei, e pelo povo. Minha mãe era buxa, sim era, mais ela sabia mexer com ervas, então prefiro chama-la de curandeira. Deve ter sido estranho o fato de ela não ter pego a doença quando estava em contato com tantos infectados. Então o rei a escondeu, ninguém sabia o lugar em exato, mais por tempos ninguém a viu. Depois de um ano e meio ela apareceu com um garoto que a chamava de Deeny, uma expressão do meu reino que dizia algo como anja,protetora ou guardiã, e então toda a estrutura do meu reino foi abalada. Bellário nunca iria ser um reino qualquer a partir daquele garoto. O garoto que ninguém sabia o nome, era muito parecido com a rainha, sim com a rainha, e chamava o rei de Trory, uma expressão do meu reino que significava traidor ou mentiroso. Minha mãe o criou e o mesmo matou o rei e a rainha de Bellário numa festa, como ambos não tinham filhos, ele deu um golpe dizendo ser filho dos dois, e funcionou. O reino foi ficando mais populoso e mais rico, minha mãe era tratada como a madrinha dele, e ele a deixava ficar com todo o prodígio possível. Bem, o reino foi ficando grandioso e assim que o garoto matou os reis ele deveria ter um nome, e minha mãe o nomeou de Kylan Edwin D'Gabriel.
Tudo bem, a partir daí nada de grandioso aconteceu com Bellário, ele casou e teve um filho e então outro mistério aconteceu com o nome de minha mãe. Senhorita Irvine estava grávida. Então quem é o pai da criança, já que Irina não tinha marido ? Quem será? Seria o rei Kylan, que já era casado e tinha um filho ? Ou seria algum outro nobre cuja riqueza era falsa e estava no castelo só por aparencia ? Bem, isso ninguém sabia. E só para lembrar minha mãe era 20 anos mais velha que Kylan, embora aparentasse muito menos. E então eu nasci. Nasci do dia 8 de Junho, no castelo, cercada de gente desnecessária no quarto. Até mesmo Kylan estava lá para me ver, aliás a mulhe dele também, e o filho dele tabém. Minha mãe pediu que Kylan me desse um nome e o mesmo me deu o nome de Deeny Irvine. Que lindo, não é ? Não, não é. Kylan era meu pai, logo sou a princesa bastarda de Bellário, filha de uma adultera e possível bruxa. Bom, minha mãe não assumiu quem era meu pai a ninguém e assim que começaram os rumores de que eu era filha dele, ela mudou meu nome para Louise. Ou melhor começou a me chamar de Louise e me apresentar como Louise para todos que conseguia.
Com 4 anos, eu parecia com Kylan, com 8 eu tinha as mesmas expressões faciais e jeito de falar que ele, e com 14 eu era mais parecida com ele do que o próprio filho dele. As fofocas iam ganhando algumas confirmações e embora eu tivesse 14 anos, morasse no castelo com a minha mãe e vivesse sobre a mira de dedos magros e trêmulos dos nobres, eu tinha que dar um fim nelas. Eis que Kylan e minha mãe, Irina, aparecem com a ideia de me casar. Relutei, corria da conversa e fugia dos encontros e bailes para escolher meu marido. Já que eu estava com todas as armas prontas para não me casar, Kylan aparece com a ideia de me casar com o filho dele, príncipe Carlisle D'Gabriel e embora achassem que seria incesto - o que de fato era -, ninguém se opos. Fiquei Noiva dele e todos anunciaram o dia do casamento. E então eu fiquei órfã, minha mãe morreu envenenada. Meu sobrenome começou a ser dito com desgosto e como eu já era considerada curandeira pelos nobres, apenas eles ainda me toleravam, ah e eu era a noivinha de Carlisle D'Gabriel, é claro que eles deveriam me respeitar, embora ninguém nos visse juntos em momento algum além de bailes. Carlisle tomou posse de Bellário e a primeira coisa que fez foi desmanchar o noivado e me expulsou delicadamente de lá. A parte delicada foi pura ironia, já que ele simplesmente jogou minhas coisas na rua e queimou minhas ervas dizendo aos 4 ventos que eu era um projeto de bruxa do inferno e que minhas ervas representavam cada pessoa do reino e que só iria acabar o efeito se fossem queimadas, então eu respondi de forma sincera: "Mais se cada erva representa uma pessoa, se você queimar as pessoas iram pegar fogo!" Sim, isso foi como se eu estivesse afirmando que era uma bruxa, mais quem liga ? De tantas plantações que haviam em torno de Bellário e como calor intenso é claro que aquilo iria pegar fogo, e a culpa iria cair em cima de mim de qualquer jeito. Bem, eu sai de Bellário e logo uma doença voltou a cair sobre o reino, porém agora não tinham um curandeiro para cuidar dos infectados e muito menos para onde ir. Bellário se curou desta doença e agora não sei de mais nada, só que Carlisle afirmou que sou bastarda e que se alguém me visse era para me levarem a ele.
Hoje, tenho 18 anos e não moro em um lugar fixo, já que meu sobrenome foi muito comentado, graças a minha falecida mãe.

---------------------------------------

{Teste de ação}
    Estou andando a alguns dias e agora pareço estar em algum reino distante. Estou com um típico vestido amarelo e uma fita presa no braço esquerdo da cor vermelha, eu uso esta fita como identificação para curandeira, desde a última vez em que fui quase atacada por um grupo estranho que só me deixaram sair intacta após deixar claro que sou curandeira. Eles me deram esta fita e disseram que todos os curandeiros desta região usam como identificação. Estranho. Continuo caminhando pela floresta a procura de algumas ervas, algumas para preparar bebidas como a erva Mate e outras para servir como bandagem para ferimentos e cura para ferimentos. Eu tinha uma bolsinha que havia ganho em um vilareijo na qual eu depositava minhas ervas, e ela já estava ficando vazia. Em toda floresta existe um canto em que crescem ervas, geralmente na raiz de árvores ao sul ou ao oeste e elas crescem de forma rápida porém não crescem muito, e são faceis de serem tiradas da raiz de jeito que podem sobreviver bem a alguns dias de caminhada numa bolsa com pouca circulação de ar. Então aqui estou eu colhendo algumas ervas para meu estoque particular de ervas. Eu já devo estar no canto oeste e vejo algumas ervas crescerem ao pé de uma árvore grande e que tinha galhos igualmente grande, me abaixo e analiso algumas ervas, algumas poderiam fazer mal a certos casos, então eu tenho selecionar as que menos tem efeitos colaterais ou que podem ser chamadas de universais já que não tinham qualquer dano sobre qualquer ferimento.
    Pego algumas três em que eu estava analisando, parto a folha de uma delas e esfrego sobre minha mão e a cheiro, essa seria boa para queimaduras. Pego outra erva e a esfrego sobre a outra mão e a cheiro, por incrivel que pareça esta seria boa para usar em comidas já que quase não tinha cheiro, passo a ponta da lingua sobre onde a esfreguei e sorrio, ótima para mistura como havia afirmado. Me levanto e caminho para outro canto e me abaixo, pega mais algumas ervas e sorrio, este lugar é perfeito para a criação.
    Me levanto e volto a caminhar para a cidade, eu pretendo distribuir estas ervas para algumas famílias mais pobres e se sobrarem ainda posso vender para obter algum lucro já que como curandeira não costumo cobrar nada.


---------------------------------------
thanks, @


Última edição por Louise Irvine em Qua Jan 09, 2013 5:04 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Informacion
Mensagens : 1
Data de inscrição : 29/12/2012
Idade : 677
Localização : Kallin

Ficha do personagem
Raça:
Classe:: Curandeiros
Ofício:
Ver perfil do usuário
Curandeiras

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Envy Stark em Qua Jan 02, 2013 8:11 pm
Ficha Aprovada

Muito bem vinda Louise, gostei de sua história, rica em detalhes e explicações, um único concelho é apenas dar uma maneirada nas palavras/frases repetidas, fora isso... Bem Vinda!
Qualquer dúvida só mandar MP

Att.:Envy
avatar
Informacion
Mensagens : 9
Data de inscrição : 15/08/2012

Ficha do personagem
Raça:
Classe::
Ofício:
Ver perfil do usuário
Moderadores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Informacion