[FP] Messene

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Messene em Ter Dez 25, 2012 6:55 pm

--Messene---Da Silva---- Sauro


{Por trás do Personagem... }
    O seu criador!

Nome do Jogador: Luthy.
Idade: --
Há quanto tempo joga em RPGs? Em quais joga/jogou? Tem na outra ficha!
Frequência na qual entra: Tem na outra ficha!.
Outros personagens: Nymeria Hayden
Forma de contato: MP.
---------------------------------------

{O Personagem}
    A estrela principal

Nome Completo: Messene
Apelido: --/color]
Grupo: Escrava/Serva - Híbrida (Humano/Elfo)
Família: --
Reino: A mesma de meu patrão
Arma: --

---------------------------------------

{Família}
    Sem ela não existimos.

Nome de Familiares: Rei Olav, O Terrível - Seu pai era um dos Reis do Norte consagrado sob o sangue de Ragnar “Ljome", ou seja, ganhou seu reinado na ponta de uma espada e não por descendência, tinha mania de mandar afogar todos seu inimigos e por isso ganhou o apelido de "Terrível". Se recusou a se dobrar para os cristões e iniciou a guerra de Hrise, que se estendeu através do Gargálo das Sereias. Foi traído por seu irmão mais novo e ambicioso, Omirav, o que ocasionou a ruína dos reinos e sua morte por decapitação. Foi Casado com uma Elfa de nome Vör.

Vör, A sábia - É uma elfa Luminosa, conhecia por sua beleza e sabedoria era uma dos poucos de sua espécia que conseguia prever o futuro. Abriu mão de sua imortalidade ao se apaixonar por Olav durante uma caçada, se casando pouco tempo depois. Teve três filhos, dois homens e uma menina. Morreu de causas naturais, não aguentava mais sobreviver no mundo dos homens. Seu corpo permanece na catacumbas Élficas de Äsaveld. Seu grande feito foi prever a queda de Lochlannach.

Eirik Olavson, O ousado - Primogênito da família, foi casado com Gyda, de Vingulmark. Morto aos 17 anos na quinta batalha de Hrise. Sem filhos vivos, há canções sobre como ele chegou no reino de Valhöll.

Hjörvard, O infante - O caçula da família recebeu o nome de um famoso elfo de cantigas, graças a origem da mãe. Tinha 3 anos quando a guerra estourou e foi dado como morto após a primeira batalha. Poucos sabem que na verdade, ele foi o único dos três a receber mais "poder", graças a saúde frágil de sua mãe que doou sua última energia vital para manter o filho a salvo. Hjörvard foi salvo por ninfas e atualmente vive nos arredores de GodFrey.

.

Status Social: Baixa

---------------------------------------

{Personalidade}
    Bom, ruim?

Personalidade: Não é doce, gentil, culta ou inteligente. Apenas sabe observar e tirar suas conclusões muitas vezes correta, no entanto, é fiel mas nem sempre obediente. Pode discordar de uma ordem e não obedecer a mesma, mesmo sob as ameças de castigos, o que lhe garante um gênio forte e uma teimosia pior que a de uma mula. Pode-se se revelar uma boa amiga se tratada corretamente e mesmo sendo escrava não aceita ser tratada como miserável.
Qualidades: Sua dedução é infalível, ela pode descobrir o que quiser sobre qualquer um, baseada em atos e gestos.
Defeitos: É teimosa. Um perigo para sua condição social.
Desejos: Voltar para a Baía das Conchas. .
Medos: Voltar para a Baía das Conchas.
---------------------------------------

{Localização}
    Onde você está?

Onde nasceu: Cidade de Messene, Baía das Conchas .
Onde mora atualmente: Onde meu patrão viver
Idade: 24 Anos
Data de nascimento: 1334
---------------------------------------

{Seu corpo}
    Tente ser sincero...

Cabelos: Escuros, compridos e ondulados
Olhos: Escuros
Porte físico/ peso/ altura: Estatura mediana-alta, corpo curvilíneo.
Marcas de nascença e/ou outros: --
Photoplayer: --

---------------------------------------

{História}
    Seu passado nos pertence...

O nome de um escravo muitas vezes é dado por seu dono, há raros casos aonde ele já vem com o nome da localidade de seu nascimento e casos mais raros ainda quando eles possuem nome próprio vindo desde o nascimento. Messene era o nome de uma das cidades perto do porto das Baía das Conchas. O nome diferente de outras origens foi dado por sua mãe ao descobrimento de tal praia. Foi onde o Dragão de Thorvald, O Ruivo e rei de Rus’, matou Bogdan, O Impuro e Rei dos Böstanj; E Vör teve seus três filhos, próxima a coluna de Äsaveld.

Durante as guerras patrocinadas pelos católicos houve os conflitos com os nórdicos, um povo de cultura diferente que normalmente, eram chamados de bárbaros por seus hábitos incomuns. Em sua sociedade as mulheres tinham mais espaços e sua cultura e religião possibilitava a aproximação com as criaturas mágicas que habitavam suas florestas. Em todos os reinos os vampiros, lobisomens, dragões, ninfas e etc. Eram mais do que lendas, era o dia-a-dia de todos que lá habitavam. Era comum o casamento entre essas espécies, e isso era considerado sagrado por juntar Midgard com outro reino, que se aproximava com os dos Deuses.

Seu povo [O de Messene] eram divididos em 7 reinos. Sendo o dela o Lochlannach e seu pai era o único descendente vivo da família Kalðmoseuz,
qual linhagem, de acordo com as lendas, corria o sangue do próprio Thor. Por terem leis diferentes das dos outros Olav conquistou a mão da Elfa de Ljósálfar, que possuía o mesmo da deusa da sabedoria, Vör, e era conhecida por sua habilidade de prever o futuro, todavia, os elfos não foram feitos para habitar o mundo dos homens, principalmente os da Luz.

A elfa faleceu pouco tempo depois do nascimento de seu terceiro filho, mas suas palavras permaneceram. Ela previu uma guerra entre dois mundos, algo que ninguém poderia evitar e que poucos sobreviveriam. Tentando contornar a situação todos os reinos se juntaram mas nenhum foi páreo para derrotar o exército vindo além do mar e muitos preferiam se render, perder suas crenças ao invés de lutar e para conseguir a liberdade, trair os próprios irmãos. A perda era eminente.

No futuro, livros escolares dirão que a redenção do povo bárbaro e a expansão do cristianismo nessa região foi algo pacífico. Mentira. Por mais que o número de almas perdidas não tenha sido tão grande como uma guerra normal, homens, mulheres, crianças e debilitados foram mortos por manter sua fé e no meio daquela confusão os reinos ruíram, sobrando só à sombra daquilo que foram e no meio dos escombros, entre os ínfimos sobreviventes estava Åsa, conhecida atualmente como Messene.

Tinha dez anos quando foi encontrada e levada por soldados na presença do rei. Um velho moribundo atacado pela Febre De Dragão, uma doença característica da região causada pela inalação da fumaça do fogo dos dragões. O povo de Åsa era imune a tal doença depois de anos convivendo com essas criaturas mas, para os estrangeiros, se não tratada corretamente, era mortal.

Conseguiu sua sobrevivência graças seus conhecimentos de cura, coisas que mulheres aprendiam ao nascer, mas isso não garantiu sua liberdade.
Tratada como uma escrava qualquer foi jogada em um navio e levada para Godfrey, onde foi limpa e educada com os padrões daquela sociedade, por mais que seu povo tivesse se reduzido a nada ainda tinha sangue real nas veias e o sangue raro dos Elfos.

Não demorou muito para aprender a língua dos três reinos e muito menos para que começasse a chamar atenção. O preço foi estabelecido, ser uma escrava de luxo era seu único consolo. Vendida por algumas peças de ouro começou a trabalhar com um viajante, pulando de cidade em cidade, de reino em reino até encontrar a chance.

As mentes de adolescentes tendem a ser fervorosa, sempre acham que podem dominar o mundo, ou no caso, fugir. Como todos os planos criados pelo calor do momento a trama foi descoberta quando ela mal sentiu o cheiro da liberdade e foi marcada, uma horrenda marca em sua nuca indicando sua condição de fugida. Seu preço diminuiria e sua venda foi alcançada o mais rápido possível, quem iria querer uma escrava desse gênero para cuidar de suas crianças? Seu preço só permanecia estagnado graças a sua origem exótica, mas isso não a manteria para sempre. Contava com dezessete primaveras quando conheceu sua dona definitiva e se mantém fiel até hoje. A única coisa que a diferencia, na aparência, dos cidadãos comuns é um cordão de ouro preso ao pescoço juntamente com uma cruz de ferro com escrituras em latim indicando sua condição e o motivo de estar presa. No caso, condição A – Prisioneira de Guerra.


---------------------------------------

{Teste de ação}
    Testando suas habilidades...

O vento batia em seus cabelos, os levantando levemente enquanto o sol se escondia entre as montanhas. O Ar tinha um leve cheiro de chumbo, ferro e enxofre. Aquilo era incomodativo e irritante, mas nada podia fazer a não ser ignorar.

Os olhos permaneciam fechados, tentava absorver os últimos raios de sol em sua pele como se fosse a última vez, mas seus ouvidos permaneciam abertos, estavam prontos para ouvir qualquer chamado ou captar qualquer ruído que não fosse o choro de uma criança perdida, o espirro de um velho moribundo, uma mulher enxotando o gato ou o som da bigorna do ferreiro.

O cheiro de carne queimada e umas palavras mal educadas foram ouvidas juntamente com um grito. O cheiro era forte e o calor insuportável, mas ali era o único lugar onde ela poderia apreciar o pôr-do-sol que descia em direção ao mar e ter as penas fagulhas iluminando seu ser. Não importa onde fosse, o sol seria o mesmo em qualquer canto. Por um momento se pegou pensando nos velhos Deuses, velhos costumes.

- Anda-te escrava! Cá está sua encomenda, deixe-me conversar com Fornalheiro! - Disse uma voz em qualquer canto, queria fingir que não era com ela, mas não podia. Levantou-se de onde estava e com uma referência desajeitada tomou o caminho de sua habitação.

A noite chegava e com ela seus fantasmas, seus monstros. Aquilo não a assustava, não mais . Ela havia parado de procurar aquilo que a assustava debaixo da cama quando percebeu que o monstro vivia dentro dela, se alimentando de seus sonhos e esperanças. No fim, ela torcia para ser o monstro.

---------------------------------------
thanks, @


Última edição por Messene em Qui Dez 27, 2012 6:37 am, editado 3 vez(es)
avatar
Informacion
Mensagens : 6
Data de inscrição : 18/12/2012
Ver perfil do usuário
Camponeses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Messene em Qui Dez 27, 2012 12:17 am
Ficha terminada dia 27/12/2012
avatar
Informacion
Mensagens : 6
Data de inscrição : 18/12/2012
Ver perfil do usuário
Camponeses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Dark Forest em Qui Dez 27, 2012 12:57 am
Ficha Aprovada!


Antes de tudo, seja muito bem vinda, Menesse! Gostei da sua história e TA! Tudo ok em relação à trama e tudo mais. Qualquer que seja as suas necessidades aqui no fórum, pode perguntar, questionar ou falar comigo, estou às suas ordens, no mais tenha um bom jogo e divirta-se

Dark Forest



P.S - Aguardando a criação do grupo "Hibrido".
avatar
Informacion
Mensagens : 8
Data de inscrição : 26/12/2012
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado
Informacion
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Informacion